segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Quem sou eu?

Participei de uma dinâmica de Coaching proporcionada pelo meu trabalho e foi uma excelente vivência!
Ganhamos de presente de final de curso, da super profissional da Fundação Dom Cabral, Ana Couto, o texto abaixo:

"Nosso medo mais profundo não é sermos inadequados.
Nosso medo mais profundo é o de sermos poderosos muito além de toda medida.
É a nossa luz, e não a nossa escuridão, que nos assusta.
Perguntamos a nós mesmos:
"Quem sou eu para ser brilhante, formoso, talentoso, extraordinário?"
Na verdade, esta é a pergunta que devemos formular:
"Quem és tu para acreditar que não és tudo isso?"
Tu és filho de Deus.
Tua pequenez de nada serve ao mundo.

Não é um ato iluminado te diminuires para que os outros não se sintam inseguros ao teu lado.
Nasceste para manifestar a glória divina que existe dentro de todos nós.
Essa glória não está apenas em alguns de nós;
ela está em cada um de nós.
E quando permitimos que nossa luz brilhe, subconscientemente damos permissão aos outros de fazerem o mesmo.
Quando nos libertamos do nosso medo, nossa presença automaticamente liberta os outros."

Nelson Mandela, ex-presidente da África do Sul,
em seu discurso de posse citando a
líder espiritual americana
Mary Anne Williamson



10 comentários:

  1. "Nosso medo mais profundo é o de sermos poderosos muito além de toda medida."

    Concordo Sandra!

    Estamos cá e todos temos direito a tudo! O pior é que nós mesmos não acreditamos nisso!

    Gostei do post

    Uma boa semana
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá Sandra, bom dia!
    Obrigado pela visita e por me seguir seja bem vinda!
    Bjks e uma ótima semana.
    Marília

    ResponderExcluir
  3. Sandrita querida, exatamente por sermos filhos de Deus todos temos uma luz ímpar dentro de nós e não devemos esquecer disso jamais. Somos capazes de ir além do que acreditamos se lutarmos pra isso e principalmente tivermos fé em Deus e na nossa capacidade.

    Amei o post minha amiga!!!
    Vc arrasa ;)

    beijokitas com muito carinho pessoa linda que eu amo.

    ResponderExcluir
  4. Oi Sandra!
    Muitos nem percebem esta força que têm, me incluo nisso.rsss
    Mas de nosso interior pode irradiar a luz que fará diferença entre os outros, contagiando o nosso entorno. Bela mensagem!
    Beijinhos e uma linda semana!

    ResponderExcluir
  5. Preciso ler isso muitas vezes. Ando numa fase de auto-pequenez que é um horror... Tb com saudades de ti amiga querida, do blog mais top que eu conheço, bjs.

    ResponderExcluir
  6. Oi Sandra... Obrigada pela visita!!!
    Adorei!!!
    Um grande abraço!!
    *Ü*

    ResponderExcluir
  7. perfect! as pessoas confundem em não sermos nada, ou sermos minusculos perante Deus, ou perante a ambição por dinheiro e riquezas materiais. Mas sermos grandes e iluminados perante o mundo, pois nós somos o futuro do mundo. Devemos amar aos outros como nos amamos. Se não nos amamos, como vamos amar aos outros então?

    Abraços

    --
    Confira: Faça uma coisa de cada vez e seja múltiplo - http://pactodevida.blogspot.com/2011/12/faca-uma-coisa-de-cada-vez-e-seja.html

    Parcerias: http://pactodevida.blogspot.com/p/contato.html

    ResponderExcluir
  8. Olá, Sandra...
    Viemos retribuir a visita.
    Parabéns pelo seu blog, muito bonito, e também por estarem no TOP100.
    Beijos

    http://geracaoai5.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Esse texto mudou minha vida Sandra. Sério mesmo! Eu o vi a primeira vez no livro "O 8o. Hábito" do Stephen Covey, depois comprei o livro da Marianne Willianson.
    Esse texto também aparece no filme "Escritores da Liberda"... Fantástico!
    Valeu pela lembrança!
    Fernando Sarmento / www.carpediem.blog.br

    ResponderExcluir