quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Fizeram a gente acreditar...

O amor...
"Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. 
Não contaram pra nós que amor não é acionado, nem chega com hora marcada. 
 
Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade. 
Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. 
Se estivermos em boa companhia, é só mais agradável. 
 
Fizeram a gente acreditar numa fórmula "2 em 1": duas pessoas pensando igual, agindo igual, que era isso que funcionava. 
Não nos contaram que isso tem um nome: anulação. 
Que só sendo indivíduos com personalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável. 

Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório  e que desejos fora de hora devem ser reprimidos. 
 
Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, e os que transam pouco são caretas, e os que transam muito não são confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto. 
Só não disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto. 
 
Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade. 
Não nos contaram que essas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que podemos tentar outras alternativas. 
 
Ah! Também não contaram que ninguém vai contar isso tudo pra gente. Cada um vai ter que descobrir sozinho. 
E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém."
Martha Medeiros 

*** Estou de férias, nesse momento posso estar dormindo, na praia se estiver sol, caminhando, malhando, no cinema, sei lá, sem compromisso com horário, com agenda, fora de área de cobertura ou desligada, por isso, pode ser que não consiga acessar o blog com frequência, nem visitar ou comentar com o mesmo ritmo de sempre.
Programei postagens com antecedência, com muito carinho, para não deixar o Projetando Pessoas sem brilho.  
Mas saibam que, mesmo de férias, estarei sempre que puder por aqui pertinho de vocês, amigos! ***

19 comentários:

  1. Sandrita linda, essa gaúcha é danada!
    Ah, amei a imagem :)

    Realmente não contaram nada disso pra gente, mas ah a vida boa é ir descobrindo tudo, sentindo na pele e aprendendo a manha de sorrir apesar dos pesares!

    Super beijoca na sua bochecha amiga, te adoro!!!

    ResponderExcluir
  2. "E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém."

    Bem verdade!!!

    Lindo texto

    :)

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que lindoooo.. to feliz de poder acompanhar seu blog.... mensagem necessária a todos... Ùtil!!!
    Valeu amiga!
    um bjooo e bom descanso...

    ResponderExcluir
  4. Já conhecia algumas frases... É bem verdade o que está aqui escrito... ;)

    Mas ainda há muita mentalidade a mudar...

    beijocas

    ResponderExcluir
  5. Tem aprendizado que só com o tempo pode ser adquirido mesmo, não adianta nem contar, porque se contar antes da hora, não acreditamos.

    ResponderExcluir
  6. Fizeram, com isso, que criássemos ilusões e nos sujeitássemos às inevitáveis quedas (rss). Aprendemos que necessitávamos de alguém para nos sentirmos felizes, quando, na verdade, essa sensação de bem estar há que estar viva, dentro de nós.

    Excelente postagem! Obrigada pela referência, querida!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. "O maior inimigo de um amor pleno é o medo. O medo de não ser suficientemente amado, de não amar o suficiente, de não sermos a pessoa que pensamos que o outro quer, o medo da responsabilidade, da rotina, do compromisso, o medo de falhar, de se deixar ir, de amar e de se deixar amar."

    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Sua amizade transformei na minha felicidade, Minha felicidade é ver sua
    visito no meu blog.
    Hoje não consigo expressar toda minha alegria, simplesmente levando
    uma colinha só para saber de você.
    Triste seria para mim se nem isso pudesse fazer mais ..
    Eu quero apenas estar sempre perto de você é esse o unico meio que
    no momento Deus esta me permitindo.
    Tem momentos que devemos entender nossas limitações.
    e acima de tudo agradecer a Deus pela vida.
    Cada lágrima ensina-nos uma verdade e
    nos tornamos mais fote no sofrimento.
    Paz e Luz.
    Beijos meus no seu coração..Evanir

    ResponderExcluir
  9. Martha é muito boa!
    Linda!! Já havia colocado teu link... rsrsrsrsr... está em Palavras de Carinho.
    beijo no coração

    ResponderExcluir
  10. Sandra,muito obrigada por me colocar na lista dos blogs que te projetam!É que adoro seu blog de verdade e vir aqui é sempre um prazer!Lindo texto de Martha Medeiros!Ela arrasa!Bjs,

    ResponderExcluir
  11. Olá Sandrinha. Adoro os textos de Martha Medeiros. Esse é mais um que nos faz pensar, principalmente quando aborda a individualidade de uma pessoa numa relação, e não o seu complemento... como sempre nos fizeram acreditar...
    Obrigada por linkar meu blog ao seu. Beijos e boas férias.

    ResponderExcluir
  12. Olá. Abri um novo blog de pensamentos curtinhos. Passe por lá e se gostar, fique mais um tempinho. WWW.mimosdoarca.blogspot.com. Beijos.

    ResponderExcluir
  13. não contaram nada disso, vamos descobrindo aos poucos e ao longo dos anos!

    ResponderExcluir
  14. Não avisaram mas vamos descobrindo!! A magia esta na descoberta!

    AMO DE PAIXÃO os textos de Martha Medeiros!
    Beijinhos Iluminados!!

    ResponderExcluir
  15. Oi Sandra, tudo bem?
    É não nos alertaram sobre isto, passamos quase que a vida toda acreditando nisto, até que um belo dia, a ficha cai, e descobrimos que as coisas não são bem assim, a realidade é outra.
    Excelente texto de uma verdade incontestável.
    Bjo e obrigada pelas palavras gentis deixadas no bloguinho.

    ResponderExcluir
  16. Sandrinha,
    Que belo texto, não conheço muito a autora, mas os poucos textos que li, me emocionaram bastante. Vou imprimir, colocar no mural para lê-lo sempre!
    Grata pela visita lá no blog e mais ainda por você fazer meu blog assim tão especial e dentre os que te projetam. Obrigada!!
    Uma boa quarta, bjoss
    Sheyla.

    ResponderExcluir
  17. Esse texto não é da Martha, é de Jonh Lennon

    ResponderExcluir