quarta-feira, 3 de outubro de 2012

E se um olhar lhe bastasse...



foto google


O Amor

O amor, quando se revela, 
Não se sabe revelar. 
Sabe bem olhar p'ra ela, 
Mas não lhe sabe falar. 

Quem quer dizer o que sente 
Não sabe o que há de dizer. 
Fala: parece que mente 
Cala: parece esquecer 

Ah, mas se ela adivinhasse, 
Se pudesse ouvir o olhar, 
E se um olhar lhe bastasse 
Pr'a saber que a estão a amar! 

Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente 
Fica sem alma nem fala, 
Fica só, inteiramente! 

Mas se isto puder contar-lhe 
O que não lhe ouso contar, 
Já não terei que falar-lhe 
Porque lhe estou a falar..

Fernando Pessoa



12 comentários:

  1. Ai o amor... o amor!!!

    eh eh eh

    Um dia feliz Sandra
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Sandra,
    Amo este poema do pessoa! Ótima escolha.
    xoxo

    Gosto disto!

    ResponderExcluir
  3. Esse poema é mesmo bonito! Gosto muito =)

    BOPE? todos os dias? Isso é que era haha

    Beijocas

    ResponderExcluir
  4. É bem assim que sinto com o maridão.. sexta fazemos 11 anos de casado.. e uma linda história : )

    Beijocas

    www.vidabonita.com.br

    ResponderExcluir
  5. Maravilhosa poesia de Pessoa.Diz tanto!!beijos,chica

    ResponderExcluir
  6. Sandra que cantinho mais aconchegante..
    Adorei cada detalhe.. quantos textos lindos...
    Falar de amor é sempre gostoso né?
    Amor rejuvenesce nossa alma, alegra nossos dias.. nos completa..
    Parabéns pelo bloguito... amei!!
    Um beijo carinhoso e uma noite especial viu?
    Sheila

    ResponderExcluir
  7. Essa poesia é linda... amei o teu espaço, já estou te seguindo... bjokas

    ResponderExcluir
  8. Olá Sonia!

    Vim conhecer o teu espaço e saber um pouco de ti. Adorei o teu blog, interesso-me muito por PNL. Já até pratiquei, mas depois desmotivei-me... Quero muito voltar ao caminho.

    Estou a seguir o teu blog.

    Ah e mais, adoro Fernando Pessoa.

    Beijinhos,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Fernando Pessoa é incrível. Falar de amor é relativo, por muitas vezes teórico, pois quase nunca se coloca em prática.

    Beijos e um ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  10. Li esse post lá no trabalho. Gostei tanto dele que voltei para deixar um comentário. Beijos, Paula

    ResponderExcluir